Todos os posts em: andeira

Eu fui Jesus na procissão católica.

Tenho uma relação particular sobre religião. Acho um assunto bem particular para ser tratado dentro de círculos muito próximos e de muito afeto. Fui criada no catolicismo, batizada, fiz primeira comunhão na igreja católica e por escolha não fiz a Crisma. Para quem não sabe – Crisma é uma confirmação do batismo – e na época não aceitava várias condutas da Igreja que frequentava e resolvi que ali não era meu lugar de fé.. Sim frequentava, ia a missa todo sábado, fazia parte do Grupo de Jovens [Jovens amigos de Cristo] na paróquia do Bairro Floramar. fazia campanha do quilo e as quinta feiras ajudava no Sopão que era distribuído as pessoas carentes do Bairro. Segunda feira era dia de reunião Espírita no Espaço Caminhos para Jesus, ia tomava passe, recebia mensagem psicografada. Em alguns dias do ano ajudava minha mãe a lavar a casa com sal grosso e outras folhas, deixava doces no Jardim pros Meninos de Angola outros diziam que era pra Cosme e Damião, mas eu sempre soube que era pros Meninos …

em tempo de pouca fé

Em tempo de pouca fé Em tempo de pouca fé, eu tenho ficado mais tempo na janela, Em tempo de pouca fé, eu tenho acreditado mais nas pessoas Em tempo de pouca fé, eu tenho olhado mais para as estrelas Eu tenho sentido mais frio, Em tempo de pouca fé, eu tenho olhado mais para os lados, Em tempo de pouca fé, eu tenho acolhido mais os erros dos outros e os meus, Em tempo de pouca fé, eu tenho respirado fundo, Eu tenho lido mais, Em tempo de pouca fé, eu tenho doado mais Em tempo de pouca fé, eu tenho ficado cada dia com menos, Eu tenho ficado mais leve Em tempo de pouca fé não há reza que espante o medo Em tempo de pouca fé tenho esquecido as orações … tenho atentado para as emoções Eu tenho tomado mais chá. Em tempo de pouco fé, tenho esperado menos peixes Em tempo de pouca fé eu tenho cozinhado mais com cravo, Com cravo. Em tempo de pouca fé eu aprendo Em tempo …

Feminista?

Feminista, eu? Pois bem, quem me conhece sabe que eu não faço parte dos movimentos feminista de bh, e essa é uma decisão particular que eu pretendo deixar no particular mesmo. Assim como eu também não vou a marcha da maconha! Enfim, sou mulher e acho que eu tenho direito a escolher quais lugares eu quero estar certo? Sim sou a favor da regulamentação para uso de todas as drogas. Pois bem, talvez por esse motivo tenha passado na minha timeline, um post de uma Página que fala sobre uma mulher que não é feminista (não, não vou falar qual pagina, pois isso será considerado discurso de ódio por parte de uma petista – sim, acreditem nisso, e eu nem sou petista) Mas o título me interessou, claro, fui lá ver qual era. Demorei um pouco a chegar em posts que falavam sobre os pontos de vista da Página, e claro pela atual conjuntura, estavam debatendo o caso do estupro. A Pagina em um momento resolve ser didática ao se colocar como não feminista dá suas propostas …

Aceito não, querido! eu tenho opinião!

Aceite é um ato voluntário que indica que se aprova. E eu não aprovo. Então quem me pede para aceitar eu peço respeito, isso pra quem sabe o que respeito significa. Pra lembrar, eu sou contra o governo que não fez reforma agrária e vou continuar sendo em qualquer governo que não a faça. Eu sou contra o governo não demarcou terras indígenas e vou continuar sendo em qualquer governo que não o faça. Eu sou contra governo que desrespeita os direitos das mulheres em opinar sobre seu próprio corpo, e vou continuar sendo em qualquer governo. Eu sou contra o governo que criminaliza os movimentos sociais e vou continuar sendo em qualquer governo. Eu sou contra governo que não defenda o meio ambiente inteiro (inclusive com as pessoas que vivem nele) e vou continuar sendo em qualquer governo que não o faça. (leia-se Katia Abreu, Belmonte, Samarco/Vale entre outras) Eu sou contra governo que minimize os direitos trabalhistas e vou continuar sendo em qualquer governo que faça a vaca tossir, como já tossiu! Eu …

Andeira 45, desde 1971

eu me reconheço no frio, nos abraços, no aconchego, nos dengos! no calor. eu me reconheço nas cores alegres, tristes, frias e quentes. eu me reconheço no orvalho que prepara o dia na noite. eu me reconheço mulher com 45 anos, cabelos brancos e pernas forte. eu me reconheço no tempo de andar, sem pressa retornarei a todos, sem pressa!!! pois quem anda sabe que cada passo tem seu tempo. não tenho pressa de chegar, por isso vou sempre devagar. andeira 45, desde 1971