escrevendo
Deixe um comentário

Fábula do amor em pedaços

Feliz pelos 46 anos de muitas caminhadas triste só pra fazer rima.

Feliz por todos que compartilharam a comida ontem e triste por aqueles que não chegaram.

Podemos ser alegres e triste ao mesmo tempo e com a mesma intensidade;

Feliz pela atleta Karina Oliani que se torna a primeira mulher sulamericana a subir as duas faces do Everest  e triste pelas mortes que marcam mais um dia do gigante branco. (até o momento 3 sonhos chegam ao céu)

Triste pela forma que nós temos tratado a prisão da Andrea Neves, feliz por saber que seus atos possam ser julgados e ela responsabilizada. Triste por saber que nós podemos ser bem melhor que ela, mas tem hora que não mostramos isso. Feliz pois podemos mudar.

Hoje alegre pela partilha dos amores e triste pelos pedaços.

A todos que partilharam mais essa empreitada que não faltem pedaços nem amor.

imagens de livre inspiração cedidas sem querer por Mãe, Patricia Brito, Adriano Matos, Du Pente.

Anúncios
Este post foi publicado em: escrevendo
Etiquetado como: ,

por

andeira que sou ando. ando, escrevo, leio e curto a estrada. de pés descalços vou seguindo a vida, abrindo a janela quando chove e com uma mala sempre pronta pra seguir. Partir é parte do caminho e chegada nem sempre o fim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s